TCE e Afasia: Sinais e Sintomas e Prevenção

SINAIS E SINTOMAS EM TCE

Os sinais e sintomas que podem indicar uma lesão cerebral nos casos de Traumatismo Cranioencefálico, sendo necessário atendimento médico urgente, podem ser: sonolência, dor de cabeça excessiva, vômito, fraqueza em determinada parte do corpo, formigamento ou dormência, visão dupla, fala alterada (“arrastada”), alteração de comportamento.

Porém, em muitos casos, os sintomas aparecem tardiamente, pois sangramentos, inchaços ou coágulos no cérebro somente se manifestam horas ou até dias depois do TCE.

Se após um traumatismo cranioencefálico, começarem a aparecer um estado crescente de sonolência, de confusão e coma, elevação da pressão arterial e pulso mais lento, isso pode significar um aumento do volume do cérebro por rompimento de vasos sanguíneos e de tecidos no cérebro e à volta dele. As vias nervosas podem ficar interrompidas e pode ocorrer uma hemorragia ou edema graves. O sangue, o inchaço e a acúmulo de líquido (edema) têm um efeito semelhante ao causado por uma massa que cresce dentro do crânio e, uma vez que este não pode expandir-se, o aumento da pressão pode danificar ou destruir o tecido cerebral.

Às vezes, o que pode parecer uma lesão menor da cabeça pode significar uma lesão cerebral grave. As pessoas idosas são particularmente propensas aos derrames sanguíneos à volta do cérebro (hematoma subdural) devido a um TCE. As pessoas que tomam medicamentos para prevenir a formação de coágulos (anticoagulantes) também estão sujeitas a um risco maior de hemorragia à volta do cérebro se sofrerem um TCE. 

Portanto, independentemente da idade da pessoa, após qualquer trauma na cabeça – quedas, acidentes de carro, pancadas em brigas ou durante a prática de esportes etc. – procure imediatamente um serviço médico de urgência.


TCE E AFASIA: PREVENÇÃO

Não há uma relação causal direta entre os FATORES DE RISCO que podem causar um TCE e a AFASIA. Não há como prevenir diretamente a AFASIA decorrente de TCE, mas há como prevenir e controlar alguns fatores de risco que podem levar a um TCE.

Portanto, se não é possível prevenir diretamente a AFASIA, em muitos casos é possível prevenir o TCE.
 
É preciso SEMPRE usar equipamentos de segurança que possam proteger sua cabeça evitando o Traumatismo Cranioencefálico.
Ao dirigir, use SEMPRE o cinto de segurança. No carro, todos os passageiros, tanto em banco dianteiro ou traseiro, devem usar o cinto de segurança. 
 
 

 

Se beber, não dirija. Se for dirigir, não beba. Não pegue carona com um motorista, mesmo amigo, que tenha bebido. 
 
 
 
 
 
De moto ou de bicicleta, de patins ou de skate, jamais esqueça de usar capacete. 
Se trabalhar em construção, use sempre capacete e cabos de segurança. O uso de equipamentos de segurança nas atividades profissionais, como por exemplo, em situações de altura elevada, é fundamental. Em casa também, se precisar subir no telhado ou em lajes para realizar consertos domésticos, use escadas adequadas, capacete e cabos de segurança.
 
Usar equipamento adequado nos esportes (como judô, caratê, boxe) e treinar as atividades com profissionais experientes e em locais adequados minimiza os riscos de sofrer um Traumatismo Cranioencefálico. 
 
Sabemos que, às vezes, mesmo tomando cuidado e seguindo normas de segurança, o imponderável, o imprevisível pode acontecer em nossas vidas. Portanto, evite se expor a riscos desnecessários.

Para saber mais, leia » Causas da Afasia: Tumor Cerebral

Voltar ao Topo